|
|

Gripe A. Mutações Sociais. Entrevista para a Revista Visão.

Agosto  2009 / 30 4 Comments


  • Pode ser que depois das eleições e das caixinhas de TAMIFLU vendidas, esta gripe se torne menos “pandémica” e menos problemática!!!!

  • Pois isso já não sei. E são questões políticas.
    A minha participação é apenas a de psicólogo apolítico, que comenta de acordo com o conhecimento do comportamento humano.

  • O comportamento humano é altamente permeavel à pressão social, numa espécie de psicose em que já não se sabe o que é propaganda nem o que é realidade.
    Faz lembrar aquela experiência do S. Ash em que determinado indivíduo percebe que uma dada linha é mais curta do que as outras mas se conforma com a opinião do grupo (grupo este devidamente preparado pelo investigador) que afirma que essa mesma linha é mais comprida do que as outras… é apenas algo que se sabe do comportamento humano!!!

  • Tudo isso está muito correcto.
    Mas o artigo é apenas sobre que tipos de atitude e comportamento este tipo de anúncio (pandemia) pode provocar nos indivíduos.
    Não é sobre a veracidade ou interesses económico-políticos subjacentes.
    Não me foi perguntado se esta doença era verdade ou não (nem responderia a essa pergunta). Foi-me perguntado qual o impacto no comportamento do ser humano. E esse é o mesmo, independentemente de existir ou não a pandemia. Independentemente de ela ser verdade ou manipulada, seja por quem for.

Leave a reply

Your email address will not be published. Website Field Is Optional